JBS Foods terá Pestana no conselho

A JBS Foods, unidade de aves, suínos e produtos industrializados da JBS, está terminando de estruturar seu conselho de administração - e dar mais um passo para concretizar sua abertura de capital que estava programada para este ano, mas acabou sendo adiada duas vezes por causa do mau humor do mercado.

O Estado de S.Paulo

20 de outubro de 2014 | 02h03

O time é de peso. Entre os conselheiros estão o ex-presidente do Grupo Pão de Açúcar, Enéas Pestana, e o ex-presidente do Banco Central no governo Lula, Henrique Meirelles, figura conhecida da família Batista e que também participa do conselho da controladora JBS.

Pestana deixou o Pão de Açúcar em janeiro e se comprometeu em cumprir uma quarentena que terminou no mês passado. Agora, além de atuar como consultor de empresas, o executivo será conselheiro de uma companhia que concorre diretamente com a BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, que tem como presidente do conselho de administração seu antigo chefe, o empresário Abilio Diniz. Pestana era um dos homens de confiança de Abilio no grupo fundado por seu pai, que acabou nas mãos dos franceses da rede Casino depois de uma longa disputa societária.

O conselho da JBS Foods conta ainda com nomes como o de Sérgio Waldrich (ex-presidente da Bunge), Norberto Fatio (ex-Bunge, Fleischmann Royal e Danone) e com o egípcio Tarek Farahat, presidente para América Latina da Procter & Gamble (P&G).

Criada após a compra da Seara, em 2013, a JBS Foods só deve estrear na bolsa brasileira no início do ano que vem. A expectativa é de que a companhia levante de R$ 3 bilhões a R$ 5 bilhões com a operação.

Tudo o que sabemos sobre:
Panorâmica EconomiaJBS Foods

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.