finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

JBS oferece R$ 268 mi por ativos do Independência

O frigorífico JBS, maior produtor de carne bovina do mundo, anunciou ontem ter feito proposta para comprar ativos do frigorífico Independência por R$ 268 milhões, em comunicado enviado ao mercado. De acordo com a proposta não vinculante anunciada pelo JBS, o pagamento de R$ 135 milhões será feito com ações da própria companhia, no valor unitário de R$ 7,91 por ação. Os R$ 133 milhões restantes seriam pagos em dinheiro.

O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2012 | 03h04

"A JBS não assumirá qualquer outra contingência financeira, fiscal e trabalhista do Grupo Independência, sendo o valor de R$ 268 milhões a totalidade da proposta para os ativos livres e desembaraçados de quaisquer ônus", disse a companhia, em comunicado.

Crise. O Independência, que já foi uma das maiores empresas do setor no Brasil, entrou em recuperação judicial em 2009, reflexo da crise financeira da economia global no ano anterior. No ano passado, foi divulgado que a empresa esperava obter mais de R$ 700 milhões por seus ativos, mas a realidade de mercado indicava de que o preço ficaria em torno de R$ 250 milhões.

O JBS ressalta que essa proposta é condicionada a uma série de eventos, como, a aprovação em assembleia geral de credores do Grupo Independência e do Conselho de Administração da JBS.

Os ativos considerados na compra incluem: quatro unidades frigoríficas, em Nova Andradina (MS), Campo Grande, Senador Canedo (GO) e Rolim de Moura (RO); dois curtumes em Nova Andradina e Colorado D'Oeste (RO); dois centros de distribuição e armazéns em Cajamar (SP) e Santos (SP); e todas as marcas pertencentes ao Grupo Independência. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.