J&F finaliza venda da Eldorado à Paper Excellence

Por enquanto, confirmação diz respeito a apenas uma fatia do negócio de R$ 15 bilhões, mas negócio envolve 100% da empresa em um ano

Renata Agostini, O Estado de S. Paulo

25 Setembro 2017 | 15h56

A J&F, empresa de Joesley e Wesley Batista, finalizou nesta segunda-feira, 25, a venda da Eldorado para a Paper Excellence. O negócio havia sido acertado no início do mês. Apesar da insegurança que a prisão dos dois irmãos trouxe, a família indonésia Widijaja, dona da Paper Excellence, decidiu seguir com a operação.

De acordo com fato relevante enviado para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta segunda-feira, a primeira etapa da venda da Eldorado para a Paper Excellence (PE) será concluída no início desta semana e englobará 13% da fabricante de celulose detidos diretamente pelo Grupo J&F. A conclusão dessa primeira parte ocorre após o procedimento de diligência, que chega ao fim a despeito dos percalços com a prisão de Joesley e de Wesley Batista.

Em seguida, para outubro, está programado o fechamento de uma segunda fase do processo, com a venda das participações dos fundos de pensão dos funcionários da Petrobrás e da Caixa Econômica Federal, Petros e Funcef, que detêm cerca de 17% da empresa.

Os fundos já sinalizaram que venderão conjuntamente suas fatias, atraídos pelo elevado valor da transação, que avalia a Eldorado em R$ 15 bilhões. Caso os fundos não deixem o negócio, a J&F negociará uma fatia adicional. Já o restante da fabricante de celulose será vendido pela família Batista à Paper Excellence em até 12 meses. / COLABORARAM ALINE BRONZATI, FERNANDA GUIMARÃES e CYNTHIA DECLOEDT

Mais conteúdo sobre:
Celulose

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.