Reuters
Reuters

Jeff Bezos passa Bill Gates e se torna o mais rico do mundo

O fundador da Amazon atingiu a marca depois de uma valorização impressionante da gigante do comércio eletrônico, da qual detém cerca de 17% em participação

O Estado de S.Paulo

27 Julho 2017 | 13h37

O empresário Jeff Bezos, fundador da Amazon, ultrapassou Bill Gates e se tornou hoje a pessoa mais rica do mundo, segundo levantamento da revista Forbes.

Sua fortuna estimada ultrapassou a do cofundador da Microsoft durante a manhã desta quinta-feira, por conta de um aumento no preço das ações da sua empresa de comércio online. O fundador da Amazon começou a companhia como uma loja virtual de livros e hoje já se expandiu para outras áreas da tecnologia, tendo inclusive criado a assistente pessoal Alexa

Bezos começou 2017 como a quarta pessoa mais rica do mundo e, gradualmente, foi ganhando posições conforme as ações da Amazon cresciam em valor na bolsa. Até ontem, o crescimento acumulado dos últimos 12 meses foi de 40%. Por conta disso, os investidores estão bastante animados com o futuro da companhia. Ao mesmo tempo, as ações da Microsoft, que fazem boa parte da fortuna de Gates, não tiveram um desempenho tão bom nos últimos dias, o que facilitou a acessão de Bezos.

+ LINK: O império da Amazon

Segundo a Forbes, o criador da Amazon mantinha fortuna estimada em US$ 89 bilhões nos últimos dias contra US$ 90 de Gates. Nós inclusive noticiamos que ele estava para superar Gates no mês passado. Com os resultados da bolsa, Bezos ultrapassou por pouco a marca dos US$ 90 bilhões e, caso alguma instabilidade nos próximos dias aconteça, ele pode voltar ao segundo lugar.

O bilionário também é dono do jornal The Washington Post, que comprou em 2013 por US$ 250 milhões. 

+ THE ECONOMIST: Gigante comilona

Mais conteúdo sobre:
Jeff BezosAmazon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.