Grupo Globo
Grupo Globo

João Roberto Marinho assume presidência do conselho do Grupo Globo

Ele substitui o irmão Roberto Irineu Marinho, que passa a ser vice-presidente do colegiado; decisão foi comunicada nesta quarta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2021 | 18h40

Correções: 29/04/2021 | 10h28

O Grupo Globo comunicou nesta quarta-feira, 28, uma mudança em seu conselho de administração. A presidência do colegiado será assumida por João Roberto Marinho, que substituirá seu irmão Roberto Irineu Marinho no cargo. Irineu Marinho passará agora para a vice-presidência do conselho. 

Ainda fazem parte do conselho José Roberto Marinho (também vice-presidente), além de Paulo Marinho, Roberto Marinho Neto, Alberto Pecegueiro e Jorge Nóbrega (que permanece na presidência executiva do Grupo Globo). O comunicado afirma que não houve mudanças nem na composição do controle das empresas nem nas atribuições do colegiado.

“Em 2018, tomei a decisão de deixar a presidência executiva do grupo e entregá-la a Jorge Nóbrega, que vem exercendo-a com a garra e o brilhantismo de sempre. Naquela ocasião, combinei com meus irmãos que também deixaria a presidência do conselho de administração num futuro próximo”, disse Irineu Marinho, em comunicado aos funcionários da companhia.

O executivo entrou no grupo aos 18 anos, por influência do pai, Roberto Marinho, tendo presenciado toda a evolução do setor de comunicação desde então, do canal aberto à era da internet, passando pela TV por assinatura. “Meu pai, mais por intuição do que por planejamento, quis engajar os filhos nos negócios, não somente para educá-los, mas para tirar de nós uma visão mais contemporânea, tão essencial ao sucesso”, disse, na carta aos funcionários.

Outros cargos

João Roberto Marinho continuará também à frente do conselho editorial, responsável por discutir e propor orientação e alinhamento em questões editoriais, e do Comitê Institucional, que tem o papel de acompanhar e propor linhas de atuação para as relações institucionais do grupo, explicou o comunicado. Já José Roberto Marinho segue na presidência da Fundação Roberto Marinho.

“Ao longo dos últimos 20 anos, Roberto Irineu, João Roberto e José Roberto Marinho empreenderam um grande esforço na construção de um modelo de governança para o Grupo Globo que busca alcançar as melhores práticas corporativas do mercado”, disse Jorge Nóbrega, presidente executivo do grupo, no comunicado.

Correções
29/04/2021 | 10h28

O presidente da Fundação Roberto Marinho é José Roberto Marinho, e não João Roberto Marinho, como constava no texto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.