Marcelo Sayão/EFE
Marcelo Sayão/EFE

Jogadores da seleção brasileira comentam greve dos caminhoneiros: 'Também nos afeta'

Antes de viagem para a Inglaterra, atletas falam sobre a situação do País: 'Esperamos trazer alegria para a torcida'

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

27 Maio 2018 | 16h54

RIO - Horas antes de embarcar para Londres, onde a seleção brasileira fará sua segunda parte da preparação para a Copa do Mundo a partir desta segunda-feira, o goleiro Alisson comentou sobre a greve dos caminhoneiros, que afeta o abastecimento em todo o País. Apesar de se dizer concentrado para o Mundial, o goleiro da Roma disse que a situação do Brasil afeta os jogadores.

“Esses momentos de dificuldade, com certeza, chegam pra gente. Também nos afeta, afeta nossas famílias”, afirmou o goleiro neste domingo, na sede da CBF, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. “Mas a gente está muito concentrado em fazer nosso melhor para a seleção.”

Na sexta-feira, o lateral Filipe Luís também havia declarado que a greve dos caminhoneiros preocupava o grupo de jogadores, apesar de a delegação não ter enfrentado nenhum tipo de dificuldade ao longo da semana, quando se concentrou na Granja Comary, em Teresópolis.

+ Estradas têm pelo menos 554 bloqueios em razão de greve dos caminhoneiros

“Eu não quero me meter com política. Não gosto de falar, principalmente em público. Mas é claro que é um assunto que a gente conversa, porque todos os dias, em qualquer mídia, em qualquer canal de televisão, está se falando nesse assunto”, disse Filipe Luís, na ocasião.

“É triste ver o seu País neste momento. Você quer que o País em que você nasceu, onde vivem seus familiares, seja um País bom e maravilhoso. Infelizmente essas medidas que acontecem são necessárias, mas são duras para a população”, considerou o lateral, sem, no entanto, esclarecer sobre quais medidas se referia.

+ Perguntas e respostas sobre a greve dos caminhoneiros

Para Alisson, os jogadores podem ajudar “trazendo alegria” para a população. “O Brasil sempre teve grandes nomes, grandes personalidades ligadas ao esporte que nos momentos difíceis da nossa história trouxeram de alguma forma um pouco de alegria pras pessoas. A gente sabe da nossa responsabilidade de carregar o nome da seleção brasileira, de vestir a camisa da seleção brasileira, e a gente está muito focado em conseguir nossos objetivos. Esperamos trazer muita alegria pra torcida brasileira”, comentou.     

Greve dos Caminhoneiros AO VIVO: Acompanhe aqui outras notícias sobre a greve dos caminhoneiros minuto a minuto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.