André Lessa/Estadão
André Lessa/Estadão

Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Jogos de azar sobem mais de 37% e pesam na prévia de inflação em junho

Alta na categoria Despesas Pessoais só perdeu para a de Alimentação e Bebidas, nos cálculos do IBGE

Idiana Tomazelli, O Estado de S. Paulo

19 de junho de 2015 | 10h35

Os jogos de azar subiram 37,77% e responderam, sozinhos, por 0,14 ponto porcentual da alta de 0,99% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) de junho.

Segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, 19, o aumento decorre de reajustes vigentes desde 18 de maio.  

Com isso, o grupo Despesas Pessoais acelerou de 0,18% no IPCA-15 de maio para 1,79% em junho e teve o segundo maior impacto no índice do mês (0,19 ponto porcentual), atrás apenas de Alimentação e Bebidas.  

Além dos jogos de azar, outros itens exerceram influência sobre o resultado do grupo, destacou o IBGE, entre eles empregado doméstico, que ficou 0,65% mais caro.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos de azarinflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

  • O Pix é seguro? Veja dicas de especialistas sobre o sistema de pagamentos
  • 13º salário: quem tem direito, datas e como a pandemia pode afetar o cálculo
  • Renda básica: o que é, quais os objetivos e efeitos e onde é aplicada

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.