Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

Joint-venture da Embraer na China entregará dois aviões em junho

A Harbin Embraer Aircraft Industry Co., joint venture da Embraer com empresas da China, vai entregar em junho dois dos seis aviões regionais ERJ-145 encomendados pela China Southern Airlines Co (ZHN). As outras quatro aeronaves, de 50 assentos, serão entregues em janeiro de 2005. A informação foi divulgada pela agência de notícias Xinhua News, que citou o diretor-gerente da Harbin Aviation Industry, Wang Bin. A Harbin Aircraft Industry Co. e a Hafei Aviation Industry Co. formaram a joint venture com a Embraer em dezembro de 2002. As duas companhias chinesas, unidades da estatal China Aviation Industry Corp. II, ou Avic II, possuem uma fatia de 49% na joint, enquanto a Embraer detém os outros 51%. O vôo de estréia do primeiro avião ERJ-145 fabricado pela joint venture ocorreu em dezembro. A China Southern informou em fevereiro que sua comissão de diretores havia aprovado em princípio a compra dos seis aviões da Embraer e de outros 21 jatos da Airbus. A demanda por aviões regionais da China é estimada em mais de 600 unidades nos próximos 20 anos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.