Jornais argentinos destacam descoberta de megacampo

Os jornais argentinos deram destaque para o anúncio da Agência Nacional do Petróleo (ANP) sobre o megacampo de petróleo na Bacia de Santos, no Brasil. Mas deixaram em segundo plano a cautela da Petrobras de não confirmar a informação da ANP.O jornal econômico El Cronista afirmou, na primeira página, que a "Petrobras anunciou ontem outra descoberta impressionante de petróleo no mar, desta vez em frente às praias do Rio de Janeiro. Poderia ser uma bacia com 10 vezes todas as reservas que existem na Argentina". O jornal disse que a notícia foi "comemorada em Brasília, especialmente porque relega a influência futura de Hugo Chávez na região". A cautela do governo diante da divulgação da ANP só foi mencionada em um texto ao lado da reportagem, não na primeira página.O jornal Ambito Financiero, também de noticiário econômico, deu o assunto como principal manchete de sua capa - "Brasil benzido: descobrem o terceiro maior poço de petróleo do mundo".O jornal Clarín publicou uma chamada na capa e uma página inteira sobre o assunto, na parte interna. Mas não mencionou a nota da Petrobras, somente as declarações do ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, que "tentou baixar o tom da notícia, ao sinalizar que a informação ainda deve ser confirmada".O jornal La Nación tratou o assunto com uma menção à nota da Petrobras para informar que "a área ainda está em fase de estudos", mas completou que a estatal "não negou seu potencial".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.