Jovens protestam contra projeto de escoamento de petróleo

Cerca de 300 manifestantes tumultuaram a audiência pública na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro para discussão do projeto de escoamento do petróleo da bacia de Campos. Vestidos com camisas do governo do Estado do Rio os manifestantes (na sua maioria jovens entre 15 e 20 anos) barraram o acesso de deputados, representantes do governo do Estado, jornalistas e outras pessoas ao prédio da Assembléia. O tumulto teve cenas de violência quando seguranças da Assembléia tentaram impedir a entrada dos manifestantes. O grupo, denominado Jovens pela Paz gritavam palavras de ordem como "A refinaria é nossa" ou "Ninguém entra". A situação começou a se normalizar com a chegada da Polícia Militar (PM).

Agencia Estado,

10 Março 2004 | 11h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.