Jovens se manifestam em Berna contra Fórum Econômico Mundial

Centenas de jovens suíços se manifestaram hoje em Berna contra as reuniões do Fórum Econômico Mundial, que serão realizadas de 25 a 29 de janeiro na cidade de Davos e que contarão com a participação de representantes de Governos e empresários de todo o mundo. Os manifestantes, que levavam cartazes com legendas como "O Fórum está por todos os lugares e nossa resistência também", tinham convidado para participar de seu protesto o presidente da Suíça, Maurice Leuenberger.Diferentes grupos antiglobalização organizam manifestações todo ano na Suíça pouco antes das reuniões do Fórum, uma instituição privada com sede em Genebra que anualmente organiza debates dos quais participam representantes de Governos, empresários e acadêmicos. Os ativistas expressaram seus protestos de forma pacífica, em um ambiente festivo e musical, mas em meio a intensas medidas das forças de segurança suíças.Os manifestantes distribuíram panfletos com suas críticas a essa organização. Os organizadores assinalaram que voltarão a se manifestar no próximo dia 21 em diversas cidades do país como parte de um dia nacional de protesto dos grupos antiglobalização contra essas reuniões. As reuniões do Fórum se prolongarão durante quase uma semana no final do mês, e neste ano serão inauguradas pela chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou a organização esta semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.