JP Morgan aumenta recomendação de títulos brasileiros

O aumento do prêmio dos títulos da dívida externa brasileira nas últimas semanas levou o banco JP Morgan a aumentar hoje a sua recomendação para esses papéis, dentro da classificação de "overweight" (acima do peso da média da carteira), para 1,2% da carteira. O banco havia reduzido a recomendação dos papéis brasileiros no final de janeiro, dentro da recomendação "overweight", de 2% para 0,5% da carteira. O JP Morgan destaca que o C-Bond, principal título da dívida brasileira negociado no exterior, apresenta um potencial de ganho significativo, tomando por base o risco Brasil ? taxa que mede a confiança dos investidores estrangeiros na capacidade de pagamento da dívida do país ? em 625 pontos base. A instituição lembra que os preços dos títulos da dívida externa do País deverão ser os principais beneficiários com a solução da atual crise política.O banco destaca ainda que vê como pequena a probabilidade da instalação de uma CPI e que, na ausência de fatos novos, o escândalo tenderia a perder força. Cita também que no caso da saída do governo do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, diante da eventual perda de sua credibilidade decorrente do escândalo tornar-se incompatível com suas atribuições, o PT teria quadros para substituí-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.