JPMorgan deve anunciar compra do Bear Stearns

Wall Street espera, para as próximas horas, o anúncio de que o JPMorgan Chase & Co. chegou a um acordo para comprar o cambaleante banco de investimentos Bear Stearns.Segundo informações de mercado, os dois bancos fizeram o possível para chegar rápido a um acordo, antes que os investidores aumentem a pressão sobre as ações de ambas as instituições, na abertura dos mercados financeiros da Ásia, na segunda-feira (horário local). O Wall Street Journal informou neste domingo que os dois bancos estão muito próximos a um acordo, segundo o qual o JPMorgan comprará o Bear por US$ 20 a ação, um acordo avaliado no total de US$ 2,2 bilhões.O Bear Stearns, o quinto maior banco de investimentos dos EUA e um dos mais conceituados de Wall Street, foi a bola da vez na semana passada da crise financeira internacional desencadeada pelo colapso do mercado de hipotecas de segunda linha (subprime) dos Estados Unidos.Rumores de que a solidez financeira do banco estaria comprometida por sua exposição ao fundo Carlyle Capital, que também ruiu na semana passada, causaram preocupação entre investidores e obrigou o banco a recorrer à ajuda do banco JPMorgan e do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), na sexta-feira passada.Em nota, o Bear havia informado ter fechado um acordo para um empréstimo de emergência, em montante não especificado, do JPMorgan e do Fed de Nova York, depois de verificar que sua posição de liquidez havia "se deteriorado significantemente" nas últimas 24 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.