JPMorgan eleva preço da oferta pelo Bear Stearns

Para acalmar acionistas do banco, JP Morgan anuncia elevação da oferta para US$ 10 por ação

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

24 de março de 2008 | 11h26

O JPMorgan concordou nesta segunda-feira, 24, em pagar US$ 10 por ação do Bear Stearns, ao invés dos US$ 2 anunciados anteriormente. Com a ação, o banco pretende amenizar as críticas de que estava obtendo um acordo muito favorável para ficar com o banco de investimento.  O JPMorgan também irá adquirir 95 milhões em novas ações do Bear, equivalentes a uma participação de 39,5% no banco, uma grande ajuda na conquista da aprovação da proposta de aquisição pelos acionistas do Bear Stearns. A operação está prevista para ser concluída em 8 de abril. O acordo revisado, negociado no final de semana, tem intenção de pacificar os in vestidores do Bear, que ficaram furiosos com a oferta de US$ 2,00 por ação fechado no fim de semana anterior, quando o banco de investimento estava perto do colapso. Os novos termos prevêem que cada ação do Bear será trocada por 0,21753 ação do JPMorgan. Na versão anterior do acordo, cada ação do Bear seria trocada por 0,05473 ação do JPMorgan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.