JPMorgan eleva proposta por Bear a US$10 por ação

O JPMorgan Chase anunciou nestasegunda-feira que elevou oferta de compra do Bear Stearns paracerca de 10 dólares por ação, cinco vezes mais do que aproposta inicial. Dentro dos termos revisados do acordo, cada ação ordináriado Bear Stearns será trocada por 0,21753 ação ordinária doJPMorgan. O JPMorgan também vai comprar 95 milhões de novas ações doBear Stearns, representando 39,5 por cento das ações ordináriasem negociação do banco de investimentos. O acordo deve sercompletado em 8 de abril. Os conselhos das duas companhias aprovaram a revisão daproposta e o acordo de compra de ações. O acordo original, feito em 16 de março, previa pagamentode 2 dólares por ação do Bear e foi considerado como um "preçode liquidação" pelo banco de investimentos de 85 anos. O Bearentrou em colapso com o grande prejuízo em hipotecasresidenciais de alto risco (subprime) e a queda de confiança nacompanhia, que gerou uma corrida bancária. As ações do Bear, que foram suspensas no início do pregão,disparavam cerca de 80 por cento, para 11,50 dólares, após anotícia. (Reportagem de Chris Reiter)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.