Andre Dusek/Estadão
Andre Dusek/Estadão

Jucá nega que haja discussão sobre troca de comando na Vale

Mais cedo, haviam circulado rumores de que o presidente da mineradora, Murilo Ferreira, poderia ser substituído com o novo governo de Temer

Daniela Amorim, Vinicius Neder e Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2016 | 15h53

RIO - O ministro do Planejamento, Romero Jucá, negou há pouco que o governo do presidente em exercício Michel Temer esteja discutindo qualquer mudança no comando da mineradora Vale, que tem entre seus acionistas do BNDES e o fundo de pensão Previ, do Banco do Brasil (BB).

"Não está se discutindo a Vale neste momento. A Vale é uma empresa importante no Brasil, mas não está se discutindo isso", afirmou Jucá, na saída da sessão de abertura do XXVIII Fórum Nacional, evento promovido no Rio pelo ex-ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Velloso.

Mais cedo, circularam rumores na imprensa de que o presidente da Vale, Murilo Ferreira, poderia ser substituído com o novo governo. 

Mais conteúdo sobre:
Romero Jucá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.