Juiz aceita denúncia contra Dantas e marca interrogatório

Foi aceita nesta tarde, pelo juiz Fausto Martin De Sanctis, da 6ª Vara Criminal da Justiça Federal, a denúncia contra o sócio-fundador do Banco Opportunitty, Daniel Dantas, seu assessor e braço-direito, Humberto Braz, e o professor universitário Hugo Chicaroni. Eles são acusados pelo Ministério Público Federal de prática do crime de corrupção ativa, pela tentativa de suborno de US$ 1 milhão ao delegado da Polícia Federal Vitor Hugo Rodrigues Alves Ferreira, para que o nome de Daniel Dantas e o de sua irmã, Verônica Dantas, fossem excluídos de inquérito.Além disso, o juiz designou as datas para interrogatório dos denunciados. Hugo Chicaroni será ouvido no dia 5 de agosto, às 13 horas. No dia seguinte será a vez de Humberto da Rocha Braz, que irá depor no mesmo horário. No dia 7 de agosto, Fausto Martin De Sanctis ouvirá Daniel Dantas, também às 13 horas. Todos os depoimentos serão colhidos na 6ª Vara Criminal, localizada no Bairro da Bela Vista, na Capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.