Juiz aceita denúncia contra Dantas e marca interrogatório

Foi aceita nesta tarde, pelo juiz Fausto Martin De Sanctis, da 6ª Vara Criminal da Justiça Federal, a denúncia contra o sócio-fundador do Banco Opportunitty, Daniel Dantas, seu assessor e braço-direito, Humberto Braz, e o professor universitário Hugo Chicaroni. Eles são acusados pelo Ministério Público Federal de prática do crime de corrupção ativa, pela tentativa de suborno de US$ 1 milhão ao delegado da Polícia Federal Vitor Hugo Rodrigues Alves Ferreira, para que o nome de Daniel Dantas e o de sua irmã, Verônica Dantas, fossem excluídos de inquérito.Além disso, o juiz designou as datas para interrogatório dos denunciados. Hugo Chicaroni será ouvido no dia 5 de agosto, às 13 horas. No dia seguinte será a vez de Humberto da Rocha Braz, que irá depor no mesmo horário. No dia 7 de agosto, Fausto Martin De Sanctis ouvirá Daniel Dantas, também às 13 horas. Todos os depoimentos serão colhidos na 6ª Vara Criminal, localizada no Bairro da Bela Vista, na Capital.

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

16 de julho de 2008 | 17h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.