Juiz argentino ordena busca em bancos para apurar denúncia

O juiz federal Claudio Bonadio deu ordem de busca e apreensão aos bancos HSBC, Citibank, Boston e à Associação de Bancos da Argentina (ABA), devido às denúncias de pedidos de suborno por parte de senadores aos banqueiros para evitar a aprovação uma lei que prejudicava os bancos. A ordem foi cumprida no começo da tarde, segundo fontes destes bancos, e muitos documentos relacionado ao processo foram apreendidos. A denúncia foi feita há um mês pelo jornal londrino Financial Times. O juiz também tenta quebrar o sigilo telefônico do jornalista Thomas Catán, correspondente do FT , autor das duas reportagens publicadas sobre o assunto. Os advogados do jornalista entraram com uma medida cautelar para proteger o direito ao sigilo das fontes de Catán.Porém, o juiz insiste em sua iniciativa que está gerando polêmica contra os correspondentes estrangeiros no país, que querem garantir o direito de preservar suas fontes. Segundo os advogados do escritório Moreno Ocampo, o juiz Claudio Bonadio está tentando quebrar mais uma lei na Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.