carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Juiz autoriza venda de gestor de ativos do Lehman Brothers

51% do capital da nova empresa, que se chamará Neuberger Investment Management, ficará nas mãos de seus novos gerentes, enquanto o resto pertencerá a seus credores

EFE

23 de dezembro de 2008 | 00h51

Um tribunal de Nova York autorizou nesta segunda-feira a venda da Neuberger Berman, unidade de gestão de ativos do banco de investimento Lehman Brothers, a um grupo de diretores e funcionários da mesma, informaram meios de comunicação locais. O juiz James Peck, do Tribunal de Falências dos Estados Unidos, aprovou a venda, cuja quantia chega a US$ 922 milhões, acrescentaram as fontes. Segundo os termos do acordo, 51% do capital da nova empresa, que se chamará Neuberger Investment Management, ficará nas mãos de seus novos gerentes, enquanto o resto pertencerá a seus credores. O Lehman Brothers já tentou se desfazer dessa unidade de negócio antes de apresentar sua quebra em setembro passado e, posteriormente, obteve um acordo para vendê-la por US$ 2,150 bilhões aos investidores americanos Bain Capital e Hellman & Friedman. No entanto, uma forte depreciação de ativos ocorrida nas semanas seguintes levou à revisão da oferta.

Tudo o que sabemos sobre:
Lehman Brothers

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.