Juiz ordena congelamento de bens de Madoff

O investidor Bernard Madoff evitou ontem novamente depor nos tribunais, após acordar com um juiz o congelamento de todos seus ativos. O juiz Louis Stanton, responsável pela ação interposta pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) contra Madoff, exigiu que esse congelamento inclua a tomada de controle sobre as suas obras de arte, propriedades, carros, jóias e demais bens.Madoff, que está em prisão domiciliar, tem até 31 de dezembro para apresentar uma lista completa de seus ativos e passivos, um trâmite crucial para saber o que sobra para aqueles que perderam dinheiro com a fraude que envolve US$ 50 bilhões.Ontem, mais uma vítima do esquema fraudulento veio a público. O Comitê Olímpico Internacional (COI) declarou que pode ter perdido US$ 4,8 milhões, ou cerca de 1% de sua carteira total de investimento. "A base financeira do COI é sólida", disse a porta-voz em um comunicado por e-mail.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.