Juncker apresenta plano de investimento para alavancar crescimento da UE

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, apresentou nesta quarta-feira um plano para alavancar cerca de 300 bilhões de euros (375 bilhões dólares) em novos investimentos, em grande parte privados, na União Europeia, dizendo que é hora de dar o pontapé inicial para o crescimento sem aumentar a dívida pública.

REUTERS

26 de novembro de 2014 | 07h16

Ressaltando a necessidade de manter os esforços nas reformas estruturais das economias mais maduras deixando para trás dívidas e déficits da crise financeira, o novo chefe executivo da UE disse ao Parlamento Europeu em Estrasburgo que seu plano seria a terceira etapa da estratégia para colocar os europeus de volta ao trabalho.

"A Europa precisa de um pontapé inicial e hoje a Comissão está fazendo isso", disse Juncker, ex-primeiro-ministro conservador de Luxemburgo, que assumiu o cargo este mês.

Ele reconheceu as críticas ao plano pela falta de um importante componente de novos gastos públicos. Autoridades da União Europeia dizem que a UE está reservado apenas 8 bilhões de euros para ajudar a fornecer 21 bilhões de euros em capital para um fundo especial, gerenciado pelo Banco Europeu de Investimento, que acreditam que podem alavancar 315 bilhões de euros em investimento ao longo dos próximos três anos.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUROPACE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.