Juncker diz que Europa não descarta mais recessão nos EUA

A Europa não descarta mais umarecessão nos Estados Unidos que afetaria os países da região,mas isso não é razão para pessimismo, disse nesta segunda-feiraJean-Claude Juncker, chairman do Eurogroup. "A situação econômica nos Estados Unidos continua apiorar", disse em entrevista coletiva o responsável pelo fórumentre 15 ministros financeiros de países da zona do euro. "Nos últimos meses, descartamos a possibilidade de umarecessão nos Estados Unidos, mas eu acho que hoje não podemosmais descartar isso completamente." Ele ressalvou, porém, que "a situação econômica nos EstadosUnidos não é de nenhuma forma comparável à Europa ou à zona doeuro." (Reportagem de Jan Strupczewski, Huw Jones e Paul Carrel)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.