Juro ao consumidor cai para menor nível desde 1995

A taxa média de juros de operações de crédito para o consumidor recuou 0,08 ponto porcentual (-1,07%) em dezembro de 2006 sobre novembro do mesmo ano, para 7,40% ao mês (135,53% ao ano), segundo estudo divulgado nesta terça-feira pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). De acordo com a associação, foi o menor número desde agosto de 1995, quando foi iniciado o levantamento. Em dezembro de 2005, a taxa média para as pessoas físicas era de 7,59% ao mês (140,58% ao ano).A pesquisa mostrou que, entre as operações de crédito para o consumidor, todas tiveram suas taxas de juros reduzidas: cheque especial (para 7,92% ao mês e 149,59% ao ano), com baixa de 0,04 ponto porcentual (-0,50%) sobre novembro; CDC-Bancos (para 3,18% ao mês e 45,59% ao ano), com -0,10 ponto (-3,05%); empréstimo pessoal de bancos (5,42% ao mês e 88,40% ao ano), com baixa de 0,09 ponto porcentual (-1,63%); empréstimo pessoal de financeiras (11,43% ao mês e 266,46% ao ano), com -0,13 ponto (-1,12%); juros do comércio (6,12% ao mês e 103,97% ao ano), com declínio de 0,11 ponto porcentual (-1,77%); e a linha de cartão de crédito, com variação negativa de 0,02 ponto porcentual (-0,19%), para 10,33% ao mês e 225,53% ao ano.Quanto à taxa média de juros de operações de crédito para empresas, a pesquisa da Anefac constatou queda de 0,06 ponto porcentual (-1,41%), para 4,19% ao mês (63,65% ao ano) em dezembro do ano passado. Segundo destacou a associação, o resultado representou o menor nível desde dezembro 2001, quando a taxa atingiu 4,17% ao mês (63,27% ao ano). Em dezembro de 2005, esta taxa era de 4,42% ao mês (68,04% ao ano).De acordo com a Anefac, as baixas de dezembro podem ser atribuídas às últimas reduções da taxa básica de juros, a Selic (atualmente em 13,25% ao ano), "que ainda não haviam sido repassadas ao consumidor". A associação destacou que, apesar de os cortes ainda não terem chegado totalmente à população, houve aproximação do número definido pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central até o final de 2006.Segundo a Anefac, enquanto a Selic está atualmente em 13,25% ao ano e já foi reduzida em 6,5 pontos porcentuais desde setembro de 2005, quando o BC retomou o processo de corte gradual; a taxa média de juros para pessoa física foi reduzida em 5,59 pontos no mesmo período.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.