Juro do cheque especial sobe para 158,9% ao ano

Os juros do cheque especial atingiram a taxa de 158,8% ao ano em junho, de acordo com os dados do Departamento Econômico (Depec) do Banco Central. Em maio, essa taxa estava em 158,4% ao ano. Apesar dessa taxa acumular uma queda de 1,4% este ano, nos últimos 12 meses ela registrou um aumento de 11,7%.No crédito pessoal, a taxa apurada em junho registrou uma pequena queda em relação ao registrado em maio. A taxa agora está em 80,8% ao ano ante 82% apurado em maio. Para a aquisição de bens houve um ligeiro aumento nas taxas. Os juros cobrados para o financiamento de veículos, por exemplo, passou de 38,9% ao ano para 42,7%. Pelo lado das empresas, as operações de hot money tiveram em junho uma taxa média de 48,2% ao ano. Em maio essa taxa estava em 48,5%. Para o desconto de duplicatas, as empresas pagaram em junho uma taxa anual média de 48%, um pouco abaixo dos 49,5% cobrados em maio. Nas operações de aquisição de bens, entretanto, a taxa de juros passou de 30,9% para 33,4%.

Agencia Estado,

24 de julho de 2002 | 12h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.