Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Juro do T-bond sobe com ajuste para reunião do Fed

Os preços dos títulos do Tesouro dos EUA caíram, com correspondente alta nos juros. Em dia de pouca atividade no mercado, os participantes venderam Treasuries de prazos mais longos e compraram os de prazos mais curtos, ajustando suas posições ao longo da curva de retorno com base na expectativa de que o Fed reduzirá as taxas de juro de curto prazo em meio ponto porcentual. O mercado "continuou a tornar a curva mais inclinada, à medida que as pessoas se acomodam à previsão de que o Fed vai cortar 50 pontos-base", comentou o trader Thomas Connor, da JP Morgan Chase. Outro fator para a queda nos preços dos Treasuries é a antecipação do mercado para a oferta de novos títulos prevista para o começo de fevereiro. Na altura do fechamento da Bolsa de Nova York, o juro projetado pelos T-bonds de 30 anos estava em 5,689%; a mínima do dia foi em 5,623% e a máxima em 5,693%. O juro das T-notes de 10 anos estava em 5,305%, com mínima em 5,237% e máxima em 5,307%. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2001 | 20h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.