Juro máximo de empréstimo para aposentado cai para 2,64%

Argumento para queda foi redução da Selic em 1 ponto porcentual desde fevereiro

Agencia Estado

27 de junho de 2007 | 16h18

O teto para o juro cobrado dos aposentados e pensionistas do INSS nos empréstimos consignados caiu de 2,72% para 2,64% ao mês. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira, 27, pelo Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS).A taxa começa a valer assim que for publicada no Diário Oficial a resolução do Conselho, o que, segundo o Ministério da Previdência, deve ocorrer até o início da semana que vem.Para reduzir a taxa, o CNPS usou como argumento a redução da Selic, a taxa básica de juros da economia, pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central em um ponto porcentual desde fevereiro deste ano (caiu de 13% para 12% ao ano). A última redução nos juros definida pelo CNPS ocorreu em fevereiro deste ano.

Mais conteúdo sobre:
juroaposentadoSelic

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.