Juros bancários ficam estáveis em 2007, diz Procon

Segundo o órgão, a taxa média anual do cheque especial teve um aumento de 0,04 ponto porcentual ante 2006

PEDRO HENRIQUE FRANÇA, Agencia Estado

26 de dezembro de 2007 | 13h14

As taxas de juros praticadas pelos bancos em 2007 ficaram dentro da estabilidade se comparadas às de 2006, com pequenas oscilações ao longo deste ano. A taxa Selic, que iniciou 2007 em 13,25% ao ano, chegou ao final do ano em 11,25%. Mas, ainda assim, a queda da taxa básica de juros da economia brasileira continuou a produzir pouco impacto. A avaliação consta de levantamento divulgado nesta quarta-feira, 26, pela Fundação Procon-SP, com base em dados de dez instituições financeiras.Segundo o órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania, a taxa média do empréstimo pessoal em 2007 ficou em 5,32% ao mês. Na comparação com o ano passado, quando a taxa média foi de 5,36%, houve queda de 0,04 ponto porcentual. O levantamento da Fundação Procon-SP analisou ainda a taxa média anual praticada pelos bancos no cheque especial. E verificou que em 2007 a média foi de 8,24% ao mês, apontando acréscimo de 0,04 ponto porcentual ante a média de 2006, que foi de 8,20%.MetodologiaPara realizar o levantamento, a Fundação Procon-SP consultou as taxas de juros praticadas por dez instituições financeiras. São elas: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Banco Real, Banco Safra, HSBC, Unibanco, Banco Itaú, Nossa Caixa, e Santander. O Banespa integrava a lista, mas, com a incorporação pelo Santander, a coleta das duas instituições passou a ser unificada desde março. Com isso, o Banco Safra passou a fazer parte do levantamento do Procon.A metodologia do estudo se baseia nas taxas médias prefixadas para clientes não preferenciais. No caso do cheque especial, a Fundação Procon-SP considerou o período de 30 dias, e para o empréstimo pessoal, prazo contratual de 12 meses.

Tudo o que sabemos sobre:
Proconjuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.