carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Juros do cartão de crédito têm queda

Os juros do cartão de crédito caíram em quase todas as linhas em outubro, exceção feita aos juros cobrados no parcelamento de compras, que subiram de 6,86% ao mês em setembro para 7,13% mensais. Os dados são da pesquisa mensal feita pela Agência Estado no dia 31 de outubro.Os juros médios cobrados proporcionalmente aos dias de atraso no pagamento de parcelas caíram de 10,19% ao mês em setembro para 10,05% mensais em outubro. No mesmo período, as taxas do crédito rotativo, em que os juros incidem sobre o saldo da parcela, a cobrança média mensal foi de 9,87% mensais no mês passado. No anterior, essa taxa foi de 9,86% ao mês.Para clientes que fazem saques diretamente em caixas eletrônicos os juros também tiveram baixa no mês passado. As taxas, que em setembro eram, na média, de 9,96% ao mês, caíram para 9,88% mensais em outubro.O HSBC cobrou os menores juros no atraso, no rotativo e no parcelamento, com taxa mínima de 3,50% mensais. Nos saques, o Unibanco cobrou taxa mínima de 3,90% ao mês, a menor do mercado. Nessa linha, os maiores juros foram cobrados pelo Fininvest, com 12,90% mensais.No atraso, as maiores taxas do mercado foram do Carrefour, com 13,50% ao mês. No rotativo, o Itaú cobrou mais: 12,90% ao mês. O Unibanco cobrou as maiores taxas, de 11,90% ao mês, no parcelamento.vale lembrar que os bancos cobram diferentes taxas, que dependem da bandeira do cartão e do cliente. Confira no link abaixo a pesquisa completa com os juros cobrados pelos bancos no cartão de crédito.

Agencia Estado,

06 de novembro de 2002 | 17h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.