Juros do crédito pessoal sobem em julho

A pesquisa mensal de taxa juros bancários, feita pela Fundação Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, detectou que a taxa média para o cheque especial foi de 8,76% ao mês, a mesma do mês anterior. Para o empréstimo pessoal, a taxa média foi de 5,72% ao mês, superior à de junho, que foi de 5,52%.Com relação ao cheque especial observou-se que a maior taxa mensal foi de 9,50%, do BCN, e a menor foi de 7,95%, da Nossa Caixa. No caso do empréstimo pessoal verificou-se que a maior taxa mensal foi de 6,95%, cobrada pelo Itaú, e a menor foi de 3,95%, novamente da Nossa Caixa. Nenhuma alteração foi registrada nas taxas cobradas no cheque especial em relação ao mês passado. Já no empréstimo pessoal, sete instituições elevaram suas taxas no mês de julho, sendo que as três maiores elevações observadas no mês ocorreram no Unibanco, no BBV e no Bradesco. O Unibanco alterou a taxa mensal de 5,80% para 6,50%. O BBV modificou a taxa mensal de 4,10% para 4,50%. O Bradesco mudou a taxa de 5,40% para 5,90% ao mês. O Banespa alterou a taxa mensal de 5,60% para 5,90%. A Caixa Econômica Federal alterou a taxa mensal de 5,50% para 5,70%. O Santander alterou a taxa mensal de 5,75% para 5,91%. O Real alterou a taxa mensal de 5,87% para 6,20%.Já que existe a possibilidade de variação da taxa do empréstimo pessoal em função do prazo do contrato, para efeito da pesquisa foi estipulado o período de 12 meses, já que todos os bancos pesquisados trabalham com este prazo. Os técnicos de pesquisa lembram que os dados coletados referem-se às taxas máximas pré-fixadas para clientes não preferenciais, sendo que para o cheque especial foi considerado o período de 30 dias.Os 13 bancos que fizeram parte da coleta foram: Banco Bilbao Vizcaya Brasil-BBV, Banco do Brasil, Banespa, BCN, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Mercantil de São Paulo, Nossa Caixa, Real, Santander e Unibanco.

Agencia Estado,

18 de julho de 2002 | 10h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.