Juros dos EUA caem com Bernanke

Os juros dos títulos do Tesouro norte-americano caíram acentuadamente ontem, com respectivo movimento inverso de preço, em reação ainda aos comentários de anteontem do presidente do Fed (o banco central dos EUA), Ben Bernanke. Segundo ele, a política acomodatícia ainda é necessária apesar de recentes ganhos no mercado de trabalho. A fala de Bernanke arrefeceu especulações sobre eventual alta dos juros. O juro do T-Bond de 30 anos estava em 3,298%, contra 3,335% anteontem e a T-Note de 10 anos estava em 2,185%, de 2,250%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.