carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Juros e dólar sobem e Bolsa fecha estável

O foco dos investidores nesta terça feira foi o cenário externo, principalmente em relação às condições da economia norte-americana. No mercado de juros, os contratos pós-fixados com vencimento em janeiro (os mais negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros) apresentaram taxa superior a 24% ao ano pela primeira vez desde o dia 6 de maio.O dólar comercial fechou perto da máxima do dia, em alta de 1,40%, a R$ 3,042 - maior cotação desde 16 de abril. Com o resultado de hoje, o dólar acumula alta de 4,46% em maio e queda de 14,07% no ano. Esta é a cotação de fechamento mais alta desde o dia 22 de abril, quando a moeda norte-americana encerrou o dia no mesmo patamar de hoje. Antes disso, em 16 de abril, o dólar chegou a R$ 3,0950.A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou estável em relação ao fechamento de ontem. No pior momento do dia, atingiu uma queda de 1,33%. O volume financeiro somou R$ 710 milhões. O mercado de ações em Nova York fechou em queda. O Índice Dow Jones ? que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York ? encerrou o dia em baixa de 0,02%. Já a Nasdaq ? bolsa que negocia ações do setor de tecnologia e Internet ? fechou em queda de 0,11%.

Agencia Estado,

20 de maio de 2003 | 18h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.