Juros futuros recuam com sucesso do leilão de títulos

O leilão de Letras do Tesouro Nacional (LTNs) realizado hoje foi considerado "bem sucedido" pelo mercado financeiro e indica que há espaço para novas ofertas desses títulos pré-fixados. O Tesouro conseguiu colocar 100% do volume ofertado (500 mil títulos) à taxa máxima de 28,86%, que não foi considerada elevada. O consenso do mercado para esse título pouco antes do leilão estava em 29% com 29,15%.Outro ponto positivo apontado pelo mercado é o prazo desses papéis. Os títulos vendidos hoje vencem em 1º de outubro, ou seja, são classificados como de médio prazo. Logo após o leilão, o mercado reagiu reduzindo as taxas projetadas no mercado de futuros. O DI de outubro, que tem prazo equivalente ao das LTNs vendidas, chegou a operar com taxa de 28,62%. Já o DI de julho, o mais líquido, atingiu a taxa máxima de 27,88%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.