Juros nos EUA agradam e bolsas sobem

A esperada decisão do Banco Central dos Estados Unidos em dar continuidade à política monetária de alta gradual nos juros foi bem recebida pelo mercado financeiro norte-americano e brasileiro. Em Nova York, o Dow Jones subiu 1,32% e o Nasdaq, +1,92%. Em São Paulo, o Ibovespa fechou com valorização de 2,24%, para 21.737 pontos. O volume negociado foi de R$ 1,033 bilhão.O dólar comercial operou em baixa o dia todo e fechou em queda de 0,36%, para R$ 3,029. No mercado de bônus da dívida, o C-Bond encerrou em alta de 0,40%, cotado a 95,25 centavos de dólar. Às 18h20, o risco Brasil caía 12 pontos, para 578 pontos base. Já os juros brasileiros subiram com a decisão do Federal Reserve. Na BM&F, os contratos futuros de janeiro de 2005 encerram o dia em 16,72%, contra 16,70% ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.