Juros recuam seis pontos porcentuais em 12 meses, diz BC

BC registra queda de 0,2 pontos em setembro; volume de empréstimos recua 7,5 pontos no ano

Gustavo Freire, da Agência Estado,

23 de outubro de 2007 | 11h14

A taxa média de juros no crédito livre (taxa de juros livremente pactuada) caiu 0,2 ponto porcentual em setembro para 35,5% ao ano, segundo divulgou nesta terça-feira, 23, o Departamento Econômico (Depec) do Banco Central (BC). No acumulado de 12 meses até setembro, a taxa média de juros do crédito livre está com uma queda de seis pontos porcentuais. Veja também:Tomador final já sente efeito de freio do Banco Central Dados do relatório do BC mostram que o crédito teve ampliação de 24,8% em 12 meses até setembro. Na trajetória contrária, os empréstimos bancários a pessoas físicas caíram 0,3 ponto porcentual para 46,3% ao ano em setembro ante o mês anterior, o que corresponde a uma desaceleração de 7,5% pontos no acumulado.  A taxa média de juros dos empréstimos de pessoas jurídicas também aumentou em setembro contra agosto, de 23,1% para 23,2%. Mesmo assim, a taxa média dessas operações acumula uma queda de 4,1 pontos porcentuais em 12 meses até setembro. "As operações de crédito do sistema financeiro mantiveram trajetória de expansão em setembro, evidenciando, entretanto, um crescimento menos acentuado, comparativamente com agosto", diz a nota divulgada pelo Depec. Os resultado mais fraco do mês passado foi determinado "pela redução no estoque dos financiamentos referenciados em moeda estrangeira, relacionada aos efeitos de apreciação do câmbio no período." A participação do crédito bancário no Produto Interno Bruto (PIB) aumentou, em setembro, na comparação com agosto, de 33% para 33,1%. Em dezembro do ano passado, a participação do crédito no PIB era de 30,8%. Por sua vez, a taxa de inadimplência no crédito livre também caiu, de 4,7% para 4,6%, na comparação com agosto. Em 12 meses até setembro, a inadimplência está com queda acumulada de 0,5 ponto porcentual. Nos empréstimos a pessoas físicas, a inadimplência caiu, em setembro, também ante agosto, de 7,2% para 7,1%. Em 12 meses até setembro, a inadimplência nessas operações está menor em 0,6 ponto porcentual. Nos empréstimos a pessoas jurídicas, a inadimplência caiu, na mesma comparação, de 2,4% para 2,3%. Em 12 meses até setembro, a inadimplência nesses empréstimos está com redução acumulada de 0,5 ponto porcentual.

Tudo o que sabemos sobre:
CréditoBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.