Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Juros são mantidos em 1,25% ao ano nos EUA

O Federal Reserve (Fed - o Banco Central dos Estados Unidos) manteve inalterado, por unanimidade, o juro básico da economia em 1,25% ao ano. Segundo a nota do Fed, os indicadores sobre sobre produção e emprego são "decepcionantes", embora o final da guerra entre os EUA e o Iraque "estimulou a confiança do consumidor e fortaleceu os mercados de dívida e de ações".Para analistas do mercado financeiro norte-americano, surpresos com a decisão da manutenção dos juros, o Federal Reserve sinalizou que está inclinando em direção a um novo corte nas taxas de juro para reativar a economia dos EUA e conter o fluxo de demissões, que elevou o número de desempregados para meio milhão de norte-americanos desde o início do ano.As autoridades monetárias do Fed disseram que a perspectiva está "pesando principalmente em direção a condições que podem gerar fraqueza econômica" - uma frase usada para sinalizar a possibilidade de um corte no juro. O Fed disse que "a probabilidade de uma queda substancial e não bem-vinda na inflação, embora pequena, excede a de uma aceleração da inflação a partir de um nível que já está baixo". Essa avaliação marca uma mudança da posição do Fed, que argumentou por meses que a economia se recuperaria no segundo semestre de 2003, quando a ansiedade sobre a guerra no Iraque passasse. Os investidores agora esperam que o Fed decida reduzir o juro na próxima reunião em 24 e 25 de junho.

Agencia Estado,

06 de maio de 2003 | 15h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.