Juros só caem com estabilidade da economia, diz Meirelles

A taxa de juros foi o principal tema da exposição feita pelo presidente do Banco Central brasileiro, Henrique Meirelles, em almoço-palestra sobre a economia brasileira com participantes do Fórum Econômico Mundial em Davos nesta sexta-feira. Meirelles voltou a insistir que a taxa de juros é resultado da inflação e observou que o "histórico de vulnerabilidades" ajuda a elevar o prêmio de risco do País. Meirelles ponderou, no entanto, que as vulnerabilidades estão sendo reduzidas. "O caminho é manter a estabilidade", afirmou Meirelles, acrescentando que com a estabilidade da economia os juros cairão no futuro.O presidente do BC fez um longo relato listando as melhorias dos fundamentos da economia brasileira nos últimos dois anos, citando vários indicadores. Entre outros dados comentados, ele disse que a economia brasileira cresceu, segundo o consenso do mercado, 5,2% em 2005, e deve crescer cerca de 4% em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.