Juros sobem com tensão externa

Petróleo acima de R$ 119 reforça especulações sobre aumento de preços dos combustíveis no País. Dólar recua

Denise Abarca, Silvana Rocha e Claudia Violante, O Estadao de S.Paulo

23 de abril de 2008 | 00h00

As taxas de juros ampliaram a correção iniciada 6ª feira passada num movimento técnico em meio a especulações sobre um reajuste dos combustíveis no mercado interno uma vez que o petróleo superou pela primeira vez na história o nível de US$ 119 por barril. A confirmação de que o Conselho Monetário Nacional reúne-se amanhã também realimentou rumores de que o governo estaria preparando um aumento do IOF para investimentos estrangeiros em títulos públicos brasileiros, hoje de 1,5%. Além disso, a deterioração das expectativas de inflação na pesquisa Focus e o ambiente externo negativo induziram a elevação da curva de juros. A taxa de janeiro de 2009 subiu a 12,69%; e a de janeiro 2010, a 13,73%. O dólar no balcão caiu 0,48%, a R$ 1,661. A Bovespa descolou-se da baixa das bolsas internacionais e subiu 0,75%, aos 65.412,7 pontos.FRASEFábio SilveiraSócio-diretor RC Consultores ao AE Broadcast Ao Vivo''Não descarto reajuste de combustíveis no Brasil, que deve vir em parcelas jogando pressão sobre inflação para 2009''

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.