Juros subiram até para o consignado

Taxa de juros que era de 30,3% em dezembro, atingiu 30,7% em janeiro.

Márcia De Chiara, Impresso

25 de fevereiro de 2017 | 17h45

Apesar de ser um crédito com retorno mais garantido em relação a outras linhas, as taxas de juros cobradas pelos bancos nos financiamentos consignados para os aposentados subiram em janeiro, seguindo um movimento geral de alta de juros para famílias e empresas.

Pesquisa do Banco Central (BC) mostra que a taxa anual de juros dos aposentados, que era 30,3% em dezembro, atingiu 30,7% em janeiro. Com os cortes sucessivos feitos pelo Comitê de Política Monetária do BC na taxa básica de juros desde outubro, a expectativa era de que a redução fosse repassada aos consumidores, especialmente aos beneficiários do INSS. O BC explica que a alta dos juros ocorreu porque os bancos ampliaram as margens, isto é, o spread – a diferença entre o custo de captação e empréstimo.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco CentralINSS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.