Justiça bloqueia conta bancária do Grupo Trasmontano

O desembargador Osvaldo Caron do Tribunal de Justiça, concedeu liminar à Pró Saúde Assistência Médica - Samcil - para bloquear R$ 5,78 milhões das contas bancárias mantidas pelo Grupo Trasmontano e por seu presidente, Fernando Moredo, no Banco Rural.A quantia refere-se a alegados débitos por serviços prestados pela Samcil ao Trasmontano Atendimentos Médicos, no ano passado, e que não foram quitados até agora. O dinheiro ficará à disposição da Justiça numa conta especial, até o julgamento de mérito da questão.Para garantir a retenção dos valores, os advogados da Samcil invocaram as dificuldades financeiras vividas pela Trasmontano. O argumento foi o de que, se aguardar por uma decisão definitiva, até o final do processo, poderá não haver mais fundos para a satisfação do crédito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.