Justiça estuda a redolarização na Argentina

A Corte Suprema de Justiça da Argentina buscará hoje um consenso entre os juízes membros sobre a emissão da sentença sobre a redolarização dos depósitos que reclama a província de San Luis e que poderia abrir o precedente para outros casos. Se especula que a decisão sobre o processo será tomada na próxima semana, mas tudo dependerá de como os juízes se posicionarão na sessão de hoje. Em meio a uma forte pressão do governo e dos depositantes, os nove integrantes da Corte discutirão o processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.