Justiça Federal condena grupo de hackers no Pará

A Justiça Federal no Pará condenou à pena de reclusão e ao pagamento de multa um grupo de hackers acusado de atacar contas do Banco do Brasil (BB) e da Caixa Econômica Federal (CEF). Conforme a decisão judicial, o grupo, composto por seis pessoas, efetuou saques eletrônicos fraudulentos operados por meio da Internet. Os golpes teriam sido aplicados de duas formas: por meio da criação de páginas falsas de bancos e por intermédio da criação de contas de e-mail que recebiam os dados capturados. "O conjunto probatório acena que os denunciados tinham uma estrutura hierarquizada, com planejamento empresarial, revelado no recrutamento e pagamento de pessoal, em programas de fluxo de mercadorias, caixa, dentre outros, além dos meios tecnológicos que empregavam, denotando, concretamente, um ´plus´ em relação à quadrilha ou bando, caracterizando-se, assim, uma autêntica organização criminosa, capaz de abater, inclusive, a credibilidade do sistema financial do estado brasileiro e internacional", afirmou o juiz Marcelo Carvalho Cavalcante de Oliveira em sua decisão.

Agencia Estado,

27 Maio 2005 | 19h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.