Justiça libera R$ 47,5 mi para dívidas da antiga Varig

O juiz Luiz Roberto Ayoub, coordenador da recuperação judicial da Varig, liberou ontem o pagamento de R$ 47,5 milhões para credores trabalhistas da Varig, que permanece em recuperação judicial, agora conhecida como Flex. Por meio de comunicado, Ayoub informou que o pagamento está limitado a cinco salários mínimos para cada trabalhador, o que está previsto na Lei de Recuperação Judicial de Empresas.Os recursos são provenientes de uma antecipação de emissão de papéis de dívida (debêntures) realizada pela Gol, que comprou a Varig (VRG) em março do ano passado. No total, foram levantados R$ 95 milhões, por meio de duas emissões de debêntures no valor de R$ 47,5 milhões cada, mais juros de R$ 3,5 milhões.A outra emissão foi destinada principalmente aos aposentados do fundo de pensão Aerus, que receberam em torno de R$ 30 milhões para amortizar parte da dívida total do fundo, estimada em até R$ 3,5 bilhões. As debêntures fazem parte do plano de recuperação judicial da Varig antiga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.