Justiça mantém obrigação de se divulgar salários

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região manteve ontem decisão favorável à divulgação da remuneração de executivos de companhias de capital aberto, revogando liminar impetrada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef). Ainda cabe recurso, mas o assunto agora seguiria para um tribunal superior e entraria como recurso retido, ou seja, sem urgência para apreciação.

, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2010 | 00h00

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) afirmou que todas as empresas estão obrigadas a divulgar as informações e estarão sujeitas aos "comandos previstos na Instrução 480" caso descumpram a determinação. "No entendimento da CVM as empresas estão sujeitas a essa obrigação desde 8 de julho. A CVM vai tomar todas as providências cabíveis, seja na via administrativa ou na judicial para o cumprimento da obrigação", afirmou o chefe da Procuradoria Geral Especializada junto à CVM, Alexandre Pinheiro dos Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.