Justiça multa 6 empresas de cartão de crédito

Seis empresas de cartão de crédito que haviam assumido o compromisso de não mais enviar a clientes cartões não solicitados foram multadas em R$ 532.050,00 cada uma pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), informou agora à tarde o Ministério da Justiça. As seis empresas - ABN Amro Real, Credicard, Banco do Brasil, Unicard Banco Múltiplo, Fininvest e Bradesco, representadas pela Associação Brasileiras das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS) - haviam assinado com o DPDC, em 1998, um termo de ajustamento de conduta comprometendo-se a não remeter cartões a quem não os pediu. Com a aplicação das multas - no total de R$ 3,192 milhões -, o termo de ajustamento de conduta é declarado extinto e, a partir de agora, se as empresas forem de novo processadas pela mesma prática, as multas para cada uma poderão superar R$ 3 milhões. Contra as multas aplicadas hoje, as seis empresas podem recorrer à Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça.

Agencia Estado,

12 Maio 2005 | 19h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.