Justiça multa Arthur Andersen em US$ 500 mil

A juíza federal norte-americana Melinda Harmon sentenciou a Arthur Andersen a pagar uma multa de US$ 500 mil e a cinco anos de "liberdade condicional" por obstrução da Justiça."A liberdade condicional vai assegurar que a Andersen continue comprometida com a preservação de documentos. A multa máxima é justificada", disse a juíza ao pronunciar a sentença.Em 15 de junho, um júri havia declarado a Arthur Andersen culpada de obstrução por ocultação e adulteração de provas relacionadas com práticas contábeis irregulares cometidas na Enron Corp..

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.