Justiça só mantém Madoff em domiciliar

ESPECULADOR LIVRE

, O Estadao de S.Paulo

13 de janeiro de 2009 | 00h00

A Justiça de Nova York determinou ontem que o agente financeiro Bernard Madoff poderá continuar em liberdade pagando uma fiança, até ser julgado pela acusação de montar uma fraude que pode chegar a US$ 50 bilhões. "A Procuradoria não foi capaz de demonstrar nem que exista risco de fuga do acusado, nem que ela seja um perigo para a comunidade", afirma sentença de ontem de um juiz federal de Nova York. A Procuradoria tinha reivindicado sua prisão, alegando que Madoff violara as condições da fiança da qual goza e que o obriga a permanecer fechado e vigiado 24 horas por dia em sua luxuosa cobertura de Manhattan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.