Keynes propôs uma ''moeda internacional''

John Maynard Keynes desembarcou em New Hampshire, em 1944, para as reuniões de Bretton Woods convencido de que o mundo precisaria de uma coordenação de moedas assim que a Segunda Guerra Mundial terminasse. Mas sua proposta de estabelecimento do "bancor", uma espécie de moeda internacional, acabaria sendo derrubada. A resistência veio principalmente do governo americano, que se deu conta que o fim da guerra consolidaria sua posição de maior economia do mundo - e que todos passariam a depender do dólar. Dessa forma, os americanos conseguiram convencer seus aliados de que bastava um fundo de equalização para equilibrar o sistema.

, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.