Kia Motors direciona exportações para Europa

O volume exportado pela montadora da Coréia do Sul Kia Motors no primeiro semestre, excluindo veículos desmontados, cresceu 32,9% sobre igual período de 2002, atingindo 258,3 mil unidades. Em seu mercado interno, as vendas aumentaram 4,3%, para 437,8 mil veículos de janeiro a junho.Neste ano, a coreana redirecionou suas exportações para a Europa, diminuindo, em contrapartida, a presença nos EUA. O objetivo da empresa, segundo informa em comunicado, é se tornar menos dependente de determinados mercados.Em 2002, a Kia vendeu 58,5% de seus produtos de exportação para os EUA, comparado com 18,6% na Europa. Já em 2003, a participação dos EUA representou 48%, enquanto a Europa aumentou para 30%. Na Europa, as entregas superaram 76,9 mil unidades, volume 114,6% superior se comparado ao mesmo período do ano passado. Atualmente,a participação da Kia no mercado da Europa Ocidental é de 0,86%. Até o final de 2002, o índice era de 0,51%. Ainda no primeiro semestre do ano, a Kia obteve expressivo resultado na China, onde o modelo Cheolima obteve crescimento em suas vendas de 203%, para 31.800 unidades. A Kia vendeu 25.769 unidades do Cheolima nos primeiros seis meses de 2003. O veículo foi lançado em novembro de 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.