Kirchner sofre derrota política

O presidente Néstor Kirchner sofreu o primeiro revés político, desde que assumiu o governo em 25 de maio passado. Em sua região, Tierra del Fuego, seu candidato a governador, Carlos Manfredotti, do Partido Justicialista, foi derrotado pelo radical Jorge Colazo por 5,5% de votos a mais. Até dezembro, todas as províncias terão novos governadores, deputados e senadores eleitos, o que desenhará o novo mapa político de Néstor Kirchner. Somente após as eleições se poderá saber qual o verdadeiro apoio político com o qual o presidente poderá contar, já que os governadores das províncias desfrutam de um grande controle sobre suas bancadas no Congresso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.