Kirchner viaja hoje para o Reino Unido

O presidente Néstor Kirchner iniciará, nesta noite, sua primeira viagem à Europa que inclui Londres, Bruxelas, Paris e Madri. No domingo, Kirchner participará da abertura da Terceira Via, cúpula de governos progressistas, promovido pelo primeiro-ministro britânico, Tony Blair, ao lado dos presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e de outros 11 países: Canadá, Chile, República Tcheca, Etiópia, Alemanha, Hungria, Nova Zelândia, Polônia, Romênia, África do Sul e Suécia. Fontes da chancelaria não descartam que, se houver possibilidades, Kirchner tocará na ferida entre Argentina e Inglaterra, ao tentar instalar com Tony Blair discussões sobre a recuperação das Ilhas Malvinas ?através da diplomacia?. Kirchner chegará à Bruxelas no dia 15, onde será recebido pelo presidente da Comissão Européia, Romano Prodi, para tratar de assuntos econômicos e comerciais, como as negociações entre o Mercosul e a União Européia. Já em Paris, se encontrará com o presidente Jacques Chirac, e o primeiro-ministro, Jean-Pierre Raffarin, além de empresários. Na noite do dia 16, o presidente Kirchner desembarcará em Madri, onde terá que discutir dois problemas que têm dado muita dor de cabeça ao governo argentino: as pressões das empresas privatizadas para aumentar as tarifas públicas e o pedido do juiz Baltasar Garzón, de extradição de 46 ex-repressores argentinos, para que estes sejam julgados pelo crime de violação dos direitos humanos. Néstor Kirchner será recebido por José Maria Aznar e manterá encontros com empresários espanhóis. O presidente regressará à Buenos Aires no dia 18 de julho.

Agencia Estado,

10 Julho 2003 | 08h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.